Viagens Machu Picchu

O nome Cusco ou Cuzco tem origem quéchua, escrito originalmente como Qosqo, e significa “umbigo do mundo”. A cidade era a capital e sede do Governo do Império dos Incas, tornando-se a mais importante dos Andes, da América do Sul e, principalmente, do Império do Tawantinsuyo. Cusco é o principal centro turístico do Peru, pois concentra em seus arredores uma infinidade de sítios arqueológicos da era incaica, como Machu Picchu, além de outras belezas naturais e históricas.

Existem diferentes lendas sobre a fundação do Império dos Incas, de acordo com o famoso livro “Os Comentarios Reales de los Incas”, escrito pelo cronista Inca Garcilazo de la Vega, relata a famosa lenda do casal Manco Cápac e Mama Ocllo, que foram enviados pelo Deus Sol para que cuidassem dessa população tão bárbara que habitava na cidade de Cusco, fundando um império para honrar ao Deus Inti, entre os séculos XI e XII.

Em 23 de março de 1534, o espanhol Francisco Pizarro fundou a Cidade de Cusco e, em dezembro de 1983, ela foi nomeada pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade.

A cidade é uma das 24 regiões do Peru, e fica no departamento de mesmo nome, com uma extensão de 71.986,50 km², e a 3.350 metros acima do nível do mar. O idioma oficial é o espanhol, mas há diferentes dialetos antigos também utilizados pela população, como quéchua, machiguenga, asháninca, yine, huachipaeri, yora, nanti e kirinieri.

A cidade oferece uma variedade de atrativos históricos, culturais e naturais. A imensa quantidade de centros arqueológicos, museus, igrejas, ruas e praças que mantém, até hoje, a mesma construção feita pelos Incas, fazem de Cusco o centro turístico mais importante do Peru e uma das cidades mais visitadas por turistas nacionais e estrangeiros.

Cusco é ponto de referência para conhecer a história do Império Inca, ostentando imponentes construções e ruínas como Sacsayhuaman, Qenqo, Tambomachay, Pisac, Ollantaytambo, Moray, Chinchero, Tipon, Pikillaqta, o incrível Vale Sagrado dos Incas e o Santuário de Machu Picchu, entre outras. Cusco possui muitas atrações que valem a pena serem visitadas no Peru!

Clima em Cusco:

O clima de Cusco caracteriza-se por dois períodos definidos: o seco e o úmido, com temperaturas médias que variam de 11ºC a 22ºC, dependendo do mês. 

► Estação seca: compreende os meses de abril a novembro e a alta temporada de viagem no Peru. Quase não chove no país, mas as temperaturas são mais frias, de 12ºC durante o dia e chegando até -3ºC durante a noite.

► Estação das chuvas: compreende os meses de dezembro a março e, apesar da chance de chover ser maior neste período, o clima é mais ameno, com temperaturas mais quentes que vão de 18ºC a 7ºC.

Desta forma, a melhor época para viajar para Cusco é entre abril e novembro, período com menos chances de chuvas, sendo que junho e julho são os principais meses de turismo na cidade, tanto pelas condições climáticas, quanto pela famosa Festa do Sol, chamada Inti Raymi, que acontece todos os anos no dia 22 de junho.

Como chegar em Cusco?

Tudo depende do seu perfil de viajante e de quanto tempo será a sua viagem para Cusco. Mas aqui deixamos algumas opções mais tradicionais para você:

► Voos para Cusco: esta é a opção mais tradicional, principalmente se você não tem tanto tempo de viagem, apesar de ser mais caro, economiza tempo. Os voos do Brasil para o Peru chegam diretamente em LIma, e da capital é necessário embarcar em um voo interno que dura aproximadamente 1h30m.

► Ônibus para Cusco: opção perfeita para quem tem mais tempo e quer economizar dinheiro. Ônibus é sempre uma opção mais em conta no Peru. Mas, prepare-se pois a viagem de ônibus de LIma para Cusco leva em torno de 22h.

► Passeios de trem em Cusco: poucos sabem mas, dependendo do seu roteiro de viagem no Peru, é possível chegar de trem em Cusco, em uma experiência sofisticada e inesquecível. A linha férrea conecta Cusco, Puno e Arequipa, operada pelo trem Belmond Andean Explorer, um dos trens mais luxuosos do mundo. 

Sugestões de Pacotes