Viagens Machu Picchu

Lima, a capital peruana, é conhecida como a Cidade dos Reis, capital da República do Peru na atualidade, é o centro político, cultural, financeiro e comercial desse país. A população excede os 11 milhões de habitantes, quase 35% de todos os habitantes do país. É uma cidade fascinante onde encontramos belíssimos distritos e bairros residenciais. O centro histórico, de estilo colonial, é um dos mais preservados do continente.

História
A história de Lima inicia-se com sua fundação espanhola em 1535 com o nome de Cidade dos Reis, pelo fato histórico de ter seu território invadido pelos espanhóis em 6 de janeiro - Dia de Reis.

Conforme registros da época, a área hoje ocupada pela cidade de Lima, era chamada Itchyma por seus habitantes originais. Entretanto, antes mesmo da ocupação Inca na região no século XV, um famoso oráculo no vale do rio Rímac era conhecido por seus visitantes como Limaq, que significa “falante” ou “orador” em uma variação local da língua quéchua. 

Esse oráculo foi eventualmente destruído pelos espanhóis e no mesmo local foi construída uma igreja, mas o nome persistiu e registros da época apontam que Límac passou a ser usado como nome para a área. Evidências linguísticas sustentam a teoria de que a língua espanhola consistentemente rejeita consoantes no final das palavras, o que estudiosos acreditam que possa ter levado à origem do nome Lima. 

Em 1543, Lima ganhou prestígio após ser nomeada capital do Vice Reinado do Peru e base da Real Audiência (a justiça da época). Isso faz sentido por estar próximo ao litoral, um ponto estratégico na rede de comércio com o restante das Américas, a Europa e o Extremo Oriente, porém  a cidade ficava à mercê dos piratas vindos do Oceano Pacífico, o que levou à construção das muralhas de Lima entre 1684 e 1687. 

Nesse último ano, um forte terremoto destruiu a maioria das construções da cidade, coincidindo com uma época de recessão na região.

Hoje é a cidade é a maior do país e segunda mais populosa da América do Sul, com milhões de habitantes, seguindo somente atrás de São Paulo. 

O Palácio do Governo, também conhecido como Casa de Pizarro, em referência ao conquistador espanhol Francisco Pizarro,  fica em frente à Plaza Mayor e é a residência oficial do presidente peruano. É lá que acontece a troca da guarda diariamente, um evento que atrai os turistas cada vez mais. 


O que conhecer em Lima

1. Centro Histórico de Lima
Em turismo, destaca-se o Centro Histórico de Lima, que possui vários exemplos da arquitetura colonial como o Monastério de San Francisco, a Plaza Mayor, a Catedral de Lima, o Convento de Santo Domingo, conhecido por suas catacumbas subterrâneas do monastério, que conservam uma quantidade impressionante de ossos de pessoas não identificadas. Assustador, porém muito curioso. O centro histórico, onde também é possível visitar alguns trechos restantes da muralha que cercava a cidade, foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1988.

2. Sítios Arqueológicos
Além disso, a chamada Cidade dos Reis possui mais de 50 sítios arqueológicos dentro de sua área urbana e arredores como Huaca Pucllana em Miraflores. O Monumento provavelmente foi construído desde os primeiros séculos da era cristã, mas atingiu o seu pico a partir do século V. Originalmente, era composto por um conjunto de pirâmides, praças, pátios e rampas, todos construídos com base no barro, ou por meio de taipa, ou por adobes na forma de paralelepípedos retangulares em posição vertical, característica da cultura Lima.

3. Bairros Turísticos
O bairro de Miraflores é um dos principais e mais buscados pelos turistas, com muitas opções de hotéis e de fácil acesso a vários pontos turísticos como o Parque do Amor, Centro Comercial Larcomar e muitos outros a  conhecer. 

Outra opção é se hospedar em Barranco, originalmente um balneário para a alta sociedade. Ali há ótimas opções culturais como o Museo de Arte Contemporâneo, o Museo Pedro de Osma e outros.

Por citar os museus, não podemos esquecer do Museo Larco, que conta com Exposição permanente, permitindo uma visão de mundo andina e nos permite entender o desenvolvimento das sociedades pré-colombianas.
 
Também muito conhecido é o bairro de San Isidro, o centro financeiro de Lima, com  diversos arranha-céus e escritórios.

4. Outras Atrações
Uma bela sugestão de passeio a noite é a visita ao  Circuito Mágico das Águas, localizado no Parque da Reserva. Este local, possui treze fontes cibernéticas, apoiadas na mais alta tecnologia, onde música, água, som e luzes de laser se misturam para nos apresentar espetáculos únicos e incríveis.

O Parque da Reserva foi inaugurado em 1929, em homenagem aos reservistas que lutaram em defesa da cidade durante a Guerra do Pacífico (1881). Possui status de Parque Histórico, Ambiente Urbano Monumental e Patrimônio Histórico Nacional. 

5. Experiência Gastronômica
É importante destacar que Lima é conhecida como a capital gastronômica das Américas. Entre os restaurantes mais conceituados, destacam-se Astrid & Gastón, o Central e o Maido,  com estrela Michelin._

6. Praias em Lima
Lima, é a única capital da América banhada pelo mar, e na cidade é possível encontrar praias maravilhosas e muito boas para curtir um dia ensolarado.

O litoral do Peru tem quase 2.500 km de extensão, fazendo fronteira com Chile e Equador. A capital, Lima, fica praticamente no centro da costa. De ponta a ponta, centenas de praias para todos os públicos: famílias, surfistas, pescadores e mochileiros.

Algumas das praias mais conhecidas: Playa Costa Verde, Playa, Muelle de Ancon, San Bartolo Beach, Caballeros Beach, Playa La Herradura, Playa Senoritas entre outras.

Lima, continua sendo a principal conexão para turistas de todo mundo que chegam com destino a Cusco e Machu Picchu, e pode não ser muito conhecida pelos brasileiros, mas vale muito a pena passar uns dias na capital para conhecer melhor a sua história e diversos atrativos, mesmo porque a maioria dos voos que chegam ao país passa por lá. 
 
Portanto, quem diz que não há muito o que fazer em Lima nunca experimentou a autenticidade dessa região.

Como é o clima em Lima:
Assim como a maioria dos lugares no Peru, Lima tem duas estações bem marcadas durante o ano: o verão e o inverno, caracterizada por temperaturas relativamente frias, considerando sua localização.

As chuvas estão ausentes, mas as nuvens cobrem o céu da cidade durante a maior parte do ano. Os meses mais ensolarados  vão de dezembro a abril com janeiro, fevereiro e março sendo os mais quentes, durante os quais a temperatura máxima é superior a 26°C. 

Os meses mais frios são os de inverno, julho, agosto e setembro, quando as temperaturas máximas não ultrapassam 19°C e no mês mais frio, o de agosto, atingem até 18,8°C. 


Como chegar em Lima:

 - Avião: Ponto de conexão para viagens ao redor do mundo e de desembarque para aqueles que viajam para Lima e outras cidades peruanas, o aeroporto Jorge Chávez fica em Callao, cidade vizinha a Lima, a 30 minutos do centro da cidade e foi considerado várias vezes o melhor aeroporto da América do Sul. Sendo assim, nada mais prático e rápido do que utilizá-lo para chegar à capital peruana.

Brasileiros não precisam de visto para entrar no país e o voo desde São Paulo tem duração de 05h00 aproximadamente.

- Ônibus: Mesmo não sendo a mais indicada, essa opção existe. Há uma linha de ônibus que liga a cidade de São Paulo à capital peruana. A viagem é bem cansativa e  dura cerca de 96 horas e percorre quase 6 mil quilômetros. 

A Capital peruana está inclusa em grande parte de nossos roteiros e vai te encantar com toda sua beleza que a faz  uma cidade moderna e, ao mesmo tempo, colonial. Vale a pena incluir Lima em sua viagem ao Peru e nossa equipe vai te oferecer o melhor neste destino.