Telefone viagens machupicchu+55 (21) 4042-6227

Whatsapp viagens machupicchu+51 993024550

Lago Titicaca

  • Ilha Uros é uma ilha flutuante feito com camadas de junco que fica no meio do lago Titicaca
  • Puno é conhecida como a cidade folclórica do Peru.
  • Lago Titicaca é o lago mais alto do mundo navegável localizado no departamento de Puno

O Lago Titicaca é o lago navegável mais alto do mundo com seus 8300 km2, também é o segundo maior da América do Sul. Está localizado entre o altiplano peruano-boliviano à 3800 metros de altitude, com uma profundidade máxima estimada de 360 m. A temperatura varia entre 7°C e 11°C, dependendo da estação. Existem inúmeras atrações no Lago Titicaca, além de suas deliciosas trutas, suas grandes embarcações nativas feitas de junco (ou totora) e suas festividades religiosas em torno da Virgem de Copacabana e da Virgem da Candelária.

Mais de trinta ilhas povoadas fazem parte desta maravilha natural. Entre as mais conhecidas do lado peruano estão Taquile, Soto, Anapia e Amantani, entre as quais a mais importante é Taquile, onde seus habitantes herdaram de seus antepassados a arte têxtil ainda praticada na atualidade. Uros, uma ilha flutuante e artificial, também é um dos principais ícones turísticos desta região.

Ilha Flutuante Uros

A ilha de Uros é uma grande atração turística para quem visita o Lago Titicaca, na divisa entre o Peru e a Bolívia. Há mais de quarenta ilhas flutuantes feitas com camadas de junco sobre torrões de raízes. Novos juncos substituem os podres. Os Uros são descendentes da era pré-colombiana que encontraram na construção das ilhas um local seguro para viverem. Dizem que os Uros habitam estas ilhas há centenas de anos. No passado o objetivo era proteger-se da tribo dos Collas e também dos Incas que faziam ameaças constantes na região. Os homens da tribo de Uros souberam aproveitar a abundante cana de totora que existia na ilha, juntando grandes quantidades da cana para formar as pequenas ilhas com plataformas.

Atualmente, os moradores das ilhas de Uros vivem da pesca, turismo e da venda de artesanato. Muito embora, em algumas casas tenham sido instalados painéis de luz solar e banheiros químicos, o estilo de vida dos Uros é ainda bem rústico, procurando manter as tradições de seus ancestrais. Interessante, não? Se você planeja viajar pela América Latina, não deixe de conhecer esse magnífico povoado flutuante e dê um passeio breve nos cavalos de totora (Junco). Estruturamos o Pacote Machu Picchu com Lago Titicaca para aproveitar melhor as paisagens e as atrações desta região.

Ilha Taquile

 A ilha Taquile  tem cerca de trezentas e cinquenta famílias de língua quéchua ainda vivem aí seguindo o preceito inca “Ama Sua, Ama Llulla e Ama Quella” (não roubar, não mentir e não ser preguiçoso). Como reflexo de sua crença na honestidade, aqui não há polícia e os problemas são resolvidos por líderes eleitos em reuniões domingueiras. Todos usam roupas muito coloridas e com muitas flores. Gorros de tricô vermelhos distinguem homes casado de solteiros. Muitos turistas vêm para viver e interagir com uma cultura antiga e local por uma noite, fazendo um turismo comunitário vivencial, onde poderá sentir a verdadeira gastronomia natural e orgânica. Nós da Viagens Machu Picchu te convidamos a conviver com esta linda cultura do Peru ancestral.

Ilha Amantani

Os ilhéus de Ilha Amantani são famosos por seus cestos de ichu (graminea nativa, Palha) e entalhes em granito. Sítios incas sagrados coroam os picos da ilha. Xamas locais leem o futuro em folhas de Coca, portanto tenha um tradutor a mão, a ilha também oferece para seus visitantes um turismo vivencial onde compartilhará todas as riquezas culturais desta cultura milenar e aconselhamos subir junto com nosso guia a montanha Pachapapa.
Caso deseje ter uma experiência nesta ilha temos um Pacote Lago Titicaca Vivencial

 

Ilha Llachón

Llachón é um povoado distinto na sua indumentária, nos seus costumes, nas manifestações artístico-culturais, nas atividades produtivas e nas suas relações com forasteiros. É um povo participativo nas tarefas comunitárias, nas quais os visitantes podem também participar. De fato, na península, os visitantes podem realizar diversas atividades culturais, recreativas e esportivas. Por exemplo, faremos uma caminhada de três quilômetros até a colina Akikarus, onde se encontra o centro ritual e cerimonial de Inkakancha, um lugar sagrado para os incas, formado por duas mesas de pedra, uma retangular e a outra circular. Atualmente segue sendo usada em práticas ancestrais, para fazer invocações e tributos à Pachamama (Mãe Terra) em sinal de agradecimento pela fertilidade da terra. Sem dúvida é um lugar sagrado e de muita energia espiritual.

Continue lendo nossas dicas para Peru e confira as nossos pacotes de viagem para Machu Picchu.

DirceturProm PeruPeruMinisterio de Cultura