Telefone viagens machupicchu+55 (21) 4042-6227

Whatsapp viagens machupicchu+51 993024550

Trujillo

  • Centro Arqueológico de Chan Chan
  • Praça Principal de Trujillo no Peru

Esta bela cidade chama-se igual o lugar onde nasceu o conquistador do Perú, Francisco Pizarro que nasceu na cidade de “Trujillo em Espanha”. A cidade de Trujillo foi fundada pelo socio de Pizarro, por Diego de Almagro no ano de 1534, essas terras conquistadas foram cedidas pelo gobernante “Chimor” ou “Chimu” que eram inimigos dos Incas. Durante a colônia se estabeleceram os conquistadores nobres aos redores de Trujillo em fazendas promovendo atividades agrícolas. A cidade de Trujillo que está localizada ao norte do Peru, muito conhecida também como á cidade “ La Libertad” ou “Cidade da Eterna Primaveira” . A região em que habitaram essas civilização  são hoje grandes sitios arqueólogicos então vamos conhecer um pouco mais cada uma delas e sua história.

Cultura Pre-Inca Chimu.

No ano de 800 d.c começaram torna-se um reino local e se estalarse no litoral do Peru, Logo o imperio Wari começou a decair então a cultura CHIMÚ desenvolve-se em mesmo território do império Wari se estendendo desde o valle do rio Chilón até ao norte de Lima e Tumbes onde fica a fronteira com Equador. Segundo os pesquisadores o nome do fundador que começou a construir a cidade de “Chan Chan” foi Tacaynamo . Hoje pode encontrar vestígios dessa fantástica e grande cidade hoje conhecida como o sitio  arqueológico “Chan Chan” seu siguinificado é “Sol Sol”. Essa cidade provém das civilizações que habitaram  essa região, eram os “ Chimus ” ou “Chimor” e depois em este mesmo territorio séculos depois a civilização “Mochica” que desenvolveu em mesmo territorio dos “Chimus”. Essa civilização pré colombiana tinha como características belas construções feitas de barro como grandes muralhas todas decoradas com desenhos de animais como aves marinhas e peixes. Essa cidade de “Chan Chan” foi a capital da cultura Chimu.
 

Pontos Turísticos da região de Trujillo - La Libertad.

Praça Principal de Trujillo.

É a praça central da cidade conta com um monumento de “La Libertad" situada no meio da praça com grandes estátuas escupidas pelo Alemão Edimundo Moeller. Essas diversas  esculturas são símbolos representativos como: a abundância, ciência, comercio, saúde, escravidão, ação e libertação e alguns pontos Turísticos no centro da cidade são:

Catedral de Trujillo.

Em 1540 Catedral de Santa Maria era uma pequena igreja de estilo modesto a partir do ano de 1616 o papa nomeou a igreja e passou a ser catedral. Mas com os terremotos de 1619 a catedral foi destruida e a partir do ano de 1647 o arquiteto responsável pelo inicio da obra foi Francisco de Soto em essa segunda reconstrução não foi mantida a sua arquitetura antiga mais foi construida com uma estrutura reforçada para enfrentar terremotos. a obra foi terminada em 1666 por Franciscco Balboa .A praça foi feita de estilo barroco com detalhes em prata e ouro. A catedral de Santa Maria fica localizada em frente a praça de armas.

Iglesia de Santo Domingo.

Essa igreja é um monumento histórico da cidade de Trujillo é um patrimônio cultural monumental da nação. Sua arquitetura são de estilo colônial constrúidas no século XVII. O terreno em que foi construida a igreja foi doado pelo conquistador Francisco Pizarro. Mais houve um terremoto em que destruio devido este fato foi reconstruida novamente com a mesma planta com suas mesmas características da anterior.

Igrega de San Agustin.

Está localizada a 100 metros da plaza de armas de Trujillo. Foi fundada pelos irmãos Agustinos em 1558, mais com o terremoto teve de ser reconstrúida novamente pelos irmãos que usaram materiais como: terra, pedras, madeira, quicha que é a palha da cana de açucar que serve como um tipo de cola. No ano de 1894 passou a ser conduzidas pelos padres, em 1930 passou a ser modificada sua arquitetura dividindo uma parte do espaço para dar um lugar ao mercado central de Trujillo depois do terremoto de 1970.

Museu de Huacas de Moche.

Esse museo foi inagurado em 2010, com uma arquitetura que retrata a cultura Moche.

O museo conta com peças de cerâmicas feitas pela civilização que retratam a vida diária dos Mochicas. Em este museo encontrará a tumba do sacerdote guerreiro o “SHAMAN”entre outras coisas como os instrumentos para tecer tecidos, instrumentos musicais feitos de cerámica entre outros.

Museu de Arqueologia da Universidade Nacional de Trujillo.

Esse museo de arqueólogia foi fundada no ano de 1939. O objetivo desde museo mostra o desenvolvimento da costa norte, desde a chegada dos primeiros habitantes até os conquistadores europeus. O museo conta com restos de arqueológicos, mostra a expanção das civilizações e mostra a geografía do lugar.

La Casa Ganoza Chopitea.

Pode ser considerada como uma reliquia em Trujillo desde o século XVII, com sua arquitetura barroca de cobertura espetacular de madeira, janelas de estilo europeu imperial, conta com 10 grandes salões para homens e mulheres. Vale a pena conhecer fica no centro da cidade próximo a plaza de armas.

Teatro Municipal de Trujillo.

O teatro tem mais de 130 anos, é muito bonito é um patrimônio da cidade de Trujillo, conta com atividades artísticas internacionais e nacionais.

Museu de Arte Moderna.

É um museo que conta uma projeção de artistas locais e de outros países, tendo um estilo fazenda com muitos jardins aproveitando o espaço para exibições das obras ao ar livre.  O museo conta com obras do artista Gerardo Chávez, mostrando toda sua trajetória artística.

Museu Huaca El Dragon.

Esse museo também conhecido como Huaca del Arco Iris ou Museo de Huaca El Dragón isso porque os desenhos lembram um dragão é considerado um monumento religioso da cultura “Chimú”. O museo conta com cerâmicas de diversas culturas da região norte.

Museo de Cao

 Na época no Vale Ticana onde hoje é o um sitio arqueológico chamado “HUACA DEL BRUJO”. Foi encontrada a senhora “CAO” era gobernante da civilização com todos seus pertences. O museo conta como foram as pesquisas e procedimentos da investigação, e as conclusões dessa incrível descoberta.

El Brujo - Ruinas Antigas.

Foi um grande centro religioso e político da cultura Moche. Os grandes construtores dessa cidade foram as civilizações “EL MOCHICAS”. Algumas de suas obras são pirâmides o lugar também contempla de um cénario desértico. Visitar essas ruinas é uma volta ao tempo.

Praia Huanchaco.

Huanchaco é a Praia mais importânte da cidade de Trujillo. Uma das grandes atrações são “caballitos de totora” são embarcações feitas de junco que atravessa gerações em essa espetacular tradição. A Praia conta com restaurantes que servem típicos pratos da região como o cebiche, chicharón del pescado entre outras delicias. Huanchaco também conta com centros de artesanatos locais ao qual você podera aproveitar para visitar.

Sitio Arqueologico Huaca del Sol  e Lua.

Huaca del Sol é uma pirâmide monumental, que pertenceu a cultura Moche. Quem deu esse nome Sol e Lua foram os conquistadores espanhoes, Sol é o templo maior e Lua é templo menor. Huaca de la Lua se encontra a 8 km ao sul de Trujillo.

Sitio Arqueologico de Chan Chan.

Hoje sendo um patrimônio cultural da humanidade a maior cidade de barro do mundo. O sitio arqueólogico conta uma arquitetura Monumental, intermedia e popular. Vale a pena conhecer.

Dança da Marineira de Trujillo.

É o nome de uma dança típica do norte do Peru, foi o resultado da mistura das civilizações, escravos e os colonizadores espanhoes.
A marinheira nasceu no século XVII a dança é representada por um casal em cortejo que pode ser acompanhado também de um cavalo peruano ao passo. A tradição começou apartir do século XVIII, desde então todo o mês de novembro e realizado o festival anual na cidade de Trujillo. A dança expressa movimentos semelhantes a ondas do mar, o nome da dança “Marinheira” foi dada pelo escritor Dom Aberlado Gamarra.

Cavalo Peruano de Paso.

É uma raça de cavalo “Equina”de porte alto, são decedentes dos cavalos da civilização espahola. Anualmente em Trujillo é tradição fazer concursos de danças com esses tipos de cavalos. 

Gastronomia Local de Trujillo.

Como todo o Peru e na região de Trujillo conta uma diversidade de pratos feitos com frutos do mar e pescados.

Ceviche: Um prato bem conhecido é ceviche também conhecido (sebiche ou seviche) principalmente na região norte do Peru. Desde a época da civilização “El Mochicas” a 2,000 anos atrás eles comiam o cebiche é um tipo de filé de peixe   marinhando na “Chicha” é suco de limão feito de milho roxo típico do Peru. Atualmente esse filé de peixe é cozindo no suco de limão típico peruano e leite de tigre acompanhado de batata doce, milho, cebola roxa e “cancha” é um tipo de milho crocante. Em Peru temos: cebiche de pescado que é somente o filé do peixe, já o cebiche mixto  é a mistura de diversos pescados marinos como: polvo, araia, camarão, ostras e etc.

- Shambar: É uma sopa de trigo com carne de porco, cereais e ají um tipo de pimenta do Peru, esse prato e servido todas as segundas feiras em Trujillo.
- Seco de Cabrito: Acompanhado feijão, arroz, salada, mandioca e carne de cabrito ao molho.

Bebidas.

PIsco Sour: Um coquetel feito de aguardente de uva e suco de limão, ovo e canela em pó.
Chicha Morada: Um refresco natural feito de milho roxo, maça, ervas locais e canela todos ingredientes férvidos e depois de frío adiciona á bebida o suco de limão. 

 

Culturas Instaladas na região de La Libertad - Trujillo.

Cultura Mochica.

Na cultura Moche tinha como característica sua cerâmica, o sitio arqueologico Huaca del Sol e Luna é incorporada de imprecionantes pirâmides feitas de barro, com pinturas que resistem o tempo até hoje.

 

Cultura Cupisnique.

Essa cultura provém da região norte do Peru “La Libertad”. Ao descubrir esses sitios arqueologico descobriram também uma múmia de 1.600 de antiguidade, deram o nome de senhora “Cao”. Essa descoberta incrivel,  foi a primeira mulher encontrada e governante em essa época, essa civilização hábitou-se por uns 2.000 anos onde governou o senhor Cao. Eles tinham como tradição fazer ofertas ao seus deuses , segundo eles eram para acalmar a raiva dos deuses oferecendo sacrificios humanos. A tumba da senhora “CAO” foi descoberta em uma pirâmide ao qual hoje é chamada pirâmide “Cao” devido eles terem encontrado em esse local.

Essa civilização para a época obtinha muita tecnologia no cultivo. Na época no Valle Ticana onde hoje é o um sitio arqueológico chamado “Huaca del Brujo. A senhora “Cao” como gobernante para essa civilização contava com a previsão dos sacerdotes ou Xamãs para a época das plantações e colheitas. Uma outra maneira de obter uma boa plantação os incas contavam com canais que os ajudavam não só na plantação mais também eles ultilizavam para fazer cerimônias e purificação da alma

Veja nossos pacotes de viagem para Machu Picchu

DirceturProm PeruPeruMinisterio de Cultura