Telefone viagens machupicchu+55 (21) 4042-6227

Whatsapp viagens machupicchu+51 993024550

Novas regras 2017 para a visita de Machu Picchu | Ingresso Machu Picchu

Ingressos para Machu Picchu

A entrada para Machu Picchu a partir de 01 de julho de 2017 será diferente. Também deve considerar outras medidas do novo "Regulamento sobre a Utilização Sustentável e Tour para a Conservação de Machu Picchu", aprovado pelo Ministério da Cultura de Cusco.

Uma das regras importantes é que para entrar em Machu Picchu deve ser acompanhado por um guia turístico. Você não pode entrar sem um guia.

Cada guia deve ter um grupo com um máximo de 16 pessoas e o reingresso em Machu Picchu é proibido no mesmo día.

Clientes da Viagens Machu Picchu terão sempre um guia particular e em português para um melhor entendimento da história, arqueologia e antropologia.

O Regulamento irá definir a duração das visitas, que é atualmente de 2 horas para evitar a confusão e congestionamento na visita à Machu Picchu e facilitar o fluxo de turistas.

 

Orientações e Proibições.

Tempo de permanência

De 1 de Julho de 2017 e por 2 anos, o tempo de permanência em Machu Picchu é regulada com base em dois turnos nos seguintes horários:

Primeiro turno: das 06:00 às 12:00 horas. (Nossos passageiros sempre irão visitar neste grupo para aproveitar melhor a cidadela)

Segundo Turno: 12:00 às 17:30 horas.

Todos os visitantes devem fazer a sua visita em um dos turnos estabelecidos. O reingresso não é permitido à Machu Picchu, salvo motivo de força maior.

O descumprimento de horários estabelecidos provoca a retirada do visitante e guia apoiada pelas autoridades competentes.

 

Ingresso à Machu Picchu

Para entrar em Machu Picchu deve-se levar o seu ingresso e documento de identidade oficial (Carteira de Identidade Original RG, em bom estado e com menos de 10 anos de emissão ou Passaporte, no caso de estrangeiros, com validade mínima de 06 meses) e deve estar acompanhado por um guia turístico para que ele o a empresa seja responsavél pelo visitante.

 

Sobre os Servicos de Guia Turístico.

O guia vai organizar seu grupo antes do controle de entrada. Seu grupo pode ter no máximo 16 visitantes. Você não pode deixar o seu grupo e um grupo não pode transpassar outro grupo durante a visita. Seu guia irá acompanhá-lo durante toda a viagem. Colabore cumprindo as orientações de seu guia ou pessoal oficial de Machu Picchu.

Observação: nossos grupos sempre são acompanhados com guias que falam português.

 

Proibições durante sua visita

Você não pode carregar mochilas ou sacos maiores de 40x35x20 cm. Se exceder essas medidas deve colocá-lo no guarda-volumes. Não pode entrar com alimentos, substâncias ilegais ou sob os seus efeitos, bebidas alcoólicas ou embriagado.

- Nos da Viagens Machu Picchu recomendamos deixar as mochilas no hotel de Águas Calientes e já no retorno pegar as mochilas para aproveitar melhor a visita.

Você não pode entrar com aerossol (de qualquer tipo), sapatos de salto ou sola dura, objetos cortantes ou armas,banners, cartazes, pôsteres entre outros.

Não pode causar desordem, escalar ou inclinar-se sobre paredes ou estruturas. Tocar, mover ou remover itens da Cidadela. Fazer qualquer tipo de grafite, perturbar ou remover flora ou fauna ou elementos culturais. Você não pode se despir, deitar ou correr, fazer fogo ou lançar resíduos de qualquer espécie.

 

Sobre o descumprimento 

A violação dos regulamentos pode resultar em expulsão  de Machu Picchu sem direito a qualquer reembolso e dependendo da gravidade da infração pode haver uma ação judicial.

 

Nosso Compromisso.

A equipe da VIAGENS MACHU PICCHU está totalmente preparada e estará com você durante toda a visita lhes fornecendo todas as informações possíveis, mantendo a ordem, respeito e bom comportamento do grupo, podendo assim, ajudar na conservação da cidadela inca de Machu Picchu e proporcionar uma experiência agradável e inesquecível em sua visita à esta Maravilha do Mundo.

 

Veja nosso material informativo sobre os tipos de ingressos a Machu Picchu

Blog

FaceBook

DirceturProm PeruPeruMinisterio de Cultura