Viagens Machu Picchu
Informações Gerais

Montanha Hayna Picchu - Machu Picchu

Huayna Picchu ou Wayna Picchu | Machu Picchu | Peru

Huayna Picchu, ou Wayna Picchu, do quéchua “montanha jovem”, é o nome dado à montanha que aparece ao fundo, do lado esquerdo, nas clássicas fotos da cidadela Inca de Machu Picchu. A montanha mais alta, ao lado direto, é a própria Machu Picchu, ou “montanha velha”. Alguns comparam esta vista clássica à silhueta de um rosto humano de perfil olhando para o alto, onde a montanha Machu Picchu seria o nariz e a montanha Huayna Picchu o queixo. Machu Picchu na verdade é o nome da montanha maior e a cidadela, ou suas ruínas, adotaram o mesmo nome. Huayna Picchu se eleva uns 300 metros em relação ao nível das ruínas enquanto Machu Picchu se encontra uns 800 metros mais alta.

Nem todos os turistas que visitam Machu Picchu chegam a subir a Wayna Picchu. A subida é bastante íngreme por uma escadaria esculpida na própria rocha. O caminho é bastante estreito e a subida leva de 40 a 60 minutos de caminhada, dependendo das condições físicas de cada um. Para poder subir é necessário comprar um ingresso a parte, além do ingresso já pago pela entrada a Machu Picchu. O número de pessoas permitidas por dia neste local é de 400, divididas em dois grupos de 200. O primeiro deve ingressar entre às 7h00 e 8h00 e o segundo entre às 10h00 e 11h00. Se deseja conhecer este lugar faça sua reserva com bastante antecedência, com uns 4 meses de antecipação. Entre em contato com um dos agentes da Viagens Machu Picchu para maiores informações.

Uma vez no alto de Huayna Picchu você terá uma vista incrível da cidadela inca de Machu Picchu, de um ângulo pouco convencional, mais exatamente do ângulo aposto à maioria das fotos existentes desta maravilha do mundo moderno. Acima desta montanha se encontra o chamado Templo da Lua. Não se sabe exatamente de onde vem este nome, porque os arqueólogos nunca encontraram evidencias para relacionar esta construção com a lua. Muitos lugares ou estruturas arqueológicas no Peru possuem nomes criados através da percepção popular, sem fundamentos históricos, arqueológicos ou científicos. O nome dado pelos arqueólogos a esta estrutura em Machu Picchu é Grande Caverna. Nunca foi possível confirmar sua função prática, mas se suspeita que teve algum tipo de uso funerário, em algum momento específico de sua ocupação.

Entre em contato conosco, temos um pacotes em promoção.