Telefone viagens machupicchu+55 (21) 4042-6227

Whatsapp viagens machupicchu+51 993024550

Yawar Festa e Cápac Raymi | Festividades do Peru

Yawar Festa do Peru

Localização
Esta importante festa é realizada no povoado de Ccoyllurqui, na província de Cotabambas em Apurímac.

 

Data
A festa de Yawar é realizada todos os anos nos últimos dias do mês de julho.

Descrição
Esta celebração tem início com a captura de um condor, uma tarefa absolutamente complicada. Os moradores dos distintos povoados onde ocorrem a festa precisam de bastante tempo para encurralar o animal com vida. Além do condor é necessário um touro forte para dar início às festividades. A cerimônia consiste em colocar o condor, depois de enfeitado e embriagado com aguardente, preso às costas do touro. Ambos devem tentar escapar e neste momento se enfrentam com os entusiasmados participantes da celebração. Os camponeses afirmam que se o condor não conseguir escapar ou se morrer durante o ritual os resultados serão muito negativos para a comunidade que sofrerá de má sorte e dificuldades num futuro próximo.

História
A festa tem origem em tempos remotos, mais exatamente na época da colônia e acontece em diversas localidades e regiões do Peru. Segundo os relatos mais antigos a simbologia utilizada se refere à luta de classes, onde o touro representaria a alta sociedade opressora e o condor ao povo comum, oprimido e explorado. O condor sempre foi considerado um animal sagrado no Peru, desde épocas pré incaicas. Seu nome, Yawar, significaria “festa de sangue” e atualmente vem perdendo força, sendo abandonada em diversas localidades do Peru. 

Antes da sua visita informe-se sobre os atrativos de Machu Picchu.

 

Festividade de Cápac Raymi

Localização
O Cápac Raymi ou ano novo andino acontece na cidade de Cusco, além de outras localidades peruanas.

Data
A festa acontece no dia 21 ou 22 de dezembro, no solstício de verão.

Descrição
O ano novo andino é comemorado no solstício austral, ou seja, no início do verão do hemisfério sul. Em Cusco é celebrado com uma série de rituais, música e dança, além de pratos típicos. Devido a época, se juntam a esta comemoração as demais festas e costumes, como o Santuranticuy e o próprio Natal. Atualmente, diferente da época Inca, estas comemorações assumem aspectos um tanto distintos, devido principalmente ao sincretismo, fruto das crenças cristãs católicas introduzidas pelos espanhóis.

História
Na época Inca esta data assumia uma grande importância. De acordo a alguns cronistas espanhóis, existe a possibilidade de que o Cápac Raymi em dado momento foi mais importante que o próprio Inti Raymi (solstício de inverno), pois se comemorava o ano novo. Outra celebração que ocorria nesta data em Cusco, a capital do Império Inca, era o chamado Warachikuy, um ritual de caráter militar que marcava a passagem do adolescente homem à idade adulta. Se sacrificavam cem lhamas que posteriormente eram queimadas e suas cinzas eram jogadas em rios, para que viajando ao mar voltassem ao deus criador supremo, Viracocha.

  • Caso tenha interesse em percorrer umas das trilhas mais famosas do Peru a Trilha Inca Clássica e Trilha Salkantay, leia nossas Dicas para a Trilha Inca

Blog

FaceBook

DirceturProm PeruPeruMinisterio de Cultura