Telefone viagens machupicchu+55 (21) 4042-6227

Whatsapp viagens machupicchu+51 993024550

Dicas, Clima, Recomendações para a Trilha Inca Machu Picchu

O que é a Trilha Inca?

São os caminhos sagrados da cultura Inca, originalmente construída pelos incas, tinha como função guiar aqueles que poderiam visitar a cidadela sagrada a Machu Picchu. Grande parte dessa “estrada” é parte do projeto inicial deles, e hoje é o caminho favorito dos turistas aventureiros, que desejam chegar a essa maravilha do mundo moderno. A fama dessa trilha, se dá ao interessantes restos arqueológicos que se pode encontrar no cominho e as incríveis paisagens que o rodeiam.
Para os corajosos e aventureiros, seria a melhor maneira de aprender um pouco mais sobre os Incas e a melhor rota para chegar a cidadela sagrada de Machu Picchu. O percurso mais famoso entre esses aventureiros, é a caminhada de 04 dias e 03 noites que tem seu início no km 82 da ferrovia Cusco/Quillabamba.
Durante o império Inca, não havia somente a trilha inca, haviam inúmeras trilhas que ligavam Cusco a vários pontos importantes e interessantes, somando mais de 30.000 km de estradas, até mesmo são encontradas hoje em outros países, como Brasil por exemplo.

 

Quantos dias leva para percorrer a Trilha Inca Clássica?

O trajeto que é preferência entre todos os turistas, é a chamada Trilha clássica de 04 dias e 03 noites. Isso se deve que essa escolha não é tão demorada, mas deixa os visitantes admirar as lindas paisagens e seus restos arqueológicos. Aproximadamente, são 42 km até chegar na cidadela sagrada, que distribuídos em 04 dias não é muito, porém se trata de um trajeto que cruza as montanhas, e algumas partes a 3.000m de altitude aproximadamente, o que pode afetar as pessoas, uma vez que o ar é rarefeito, quando comparado com cidades litorâneas como Rio de Janeiro e Santos.
Há uma opção de 02 dias, e opções mais longas como a de 08 dias, podendo agradar a um público mais abrangente, o ponto mais alto da trilha é WARMIWAÑUSCA com uma altitude de 4200 msnm.

 

Qual a diferença entre a Trilha Inca Clássica e a Trilha Inca Curta?

A trilha mais curta (02 dias), começa no km 104 da ferrovia de Ollantaytambo - Machu Picchu e são percorridos 15 km para chegar a Aguas Calientes; durante o trajeto, se visualiza alguns atrativos arqueologicos, uma vez que se chega a Aguas Calientes no primeiro dia, a noite é passada em um hotel da mesma cidade; no segundo dia é realizada a entrada em Machu Picchu para o tour, mas através do caminho que conecta Aguas Calientes à cidadela sagrada.

Veja pacotes para a Trilha Inca Curta > Trilha inca Curta 02 dias e 01 noite

 

É necessário entrar num grupo para percorrer a Trilha Inca?

A caminhada independente não é mais permitida devido à falta de responsabilidade dos turistas que decidiam fazer essa prática. Assim, os viajantes tem duas opções:
1. Um grupo compartilhado com um máximo de 10 pessoas por grupo.
2. Um grupo privativo Com mínimo de dois viajantes. (Caso tenha o seu grupo de 10 pessoas poderia já ter um guia em português)
-Nossas trilhas incluem tudo para ser realizada: ingresso, o guia, carregadores, comida, cozinheiro, barraca, transporte até o km 82 e ticket de trem de retorno a Cusco.

 

É preciso fazer reserva antecipada para percorrer a Trilha Inca?

Por dia, somente são permitidas 500 pessoas (Inclui, os guias, carregadores, assistente de guia e Guia), número que inclui tanto os turistas como a equipe que os acompanha. Sendo assim, é uma boa ideia reservar seu espaço com antecedência, com 6 meses como mínimo.

 

A Trilha Inca é fechada em Fevereiro?

Fevereiro é o mês com a maior frequência de chuvas, e o governo peruano aproveita para fechar a trilha para sua manutenção e esperar que a trilha se recupere do alto fluxo de turistas. Durante esse período, as pessoas que não contam com outra opção de mês, podem escolher outras trilhas, como a Trilha Salkantay, Trilha Inca Jungle, trilhas mais linda da América Latina.
É difícil percorrer a Trilha Inca?
Para as pessoas que querem percorrer esse trajeto, seja de qualquer duração, é recomendado que estejam em forma com boas condições e contem com um mínimo de condicionamento físico, uma vez que a trilha está cruzando montanhas, o que já diz que o trajeto está em altura e conta com ar rarefeito. Ficar 01 ou 02 dias em Cusco para saber como o mal de altura vai lhe afetar, também é uma boa ideia e acompanhar esses dias com o chá de Coca, para ajudar ou prevenir.
Lembre-se que diariamente irá caminhar 7 horas por dia com uma mochila de até 10kg nas costas, assim, há que pensar bem se seria possível realizar essa experiência. Não é aconselhado realizar a trilha, apresente algum problema de saúde.

Leia nosso Blog sobre a bagagem para viajar no Trem para Machu Picchu > Bagagem para viajar a Machu Picchu.

 

É perigoso percorrer a Trilhas no Peru?

Não há muitos relatos negativos com relação a trilha Inca, e esses poucos se devem a pessoas que não seguiram as orientações dos guias ou talvez não tevem um bom serviço da sua agência de Viagem. Pois não há como se perder da trilha, que está sempre visível.
Não há ataques de animais selvagens, já que a trilha conta com presença humana constante. A trilha só se torna perigosa para aqueles que não seguem as recomendações do pessoal da agência e tentam explorar o caminho fora da Trilha. A mata é lar de cobras ou outros animais peçonhentos.

Confira e reserve um de nossos Pacotes de Viagem para Machu Picchu

 

O que devo levar para percorrer a Trilha Inca?

Além da equipe especializada, guias e equipamentos básicos, que o tour organizado, poderá levar uma mochila de até 10kg para levar seus pertences pessoais: saco de dormir, câmera fotográfica, lanterna, roupas, protetor solar, capa de chuva, chocolates, bolachas, garrafa pet para beber água, toalha, papel higiênico, escova de dente, etc.
Importante é que independente da época do ano, roupas para o frio e o calor são indispensáveis. Uma boa bota também é importante, para prover estabilidade e conforto durante o trajeto. Leve uma roupa confortável para dormir, boné e óculos escuros.
Todas as refeições estão inclusas no pacote. Porém, para complementar sua alimentação, é permitido levar frutas secas, amendoim, chocolates, balas e bolachas, já que providenciam energia e são práticos para levar na bolsa sem ocupar muito espaço nem gera peso.

 

Que tipo de comida é servida na trilha inca?

Comida prática para ser preparada em um acampamento: Arroz, macarrão, batata, carne, salada ou comida vegetariana, sem custo adicional, porém que deve ser requisitado no momento de contratar o pacote, caso seja vegetariana, recomendamos informar com antecência ao seu agente de viagens
O café da manhã oferece bolachas, pão, café, leite, geleia, bolo e cereais.
Para os exigentes por um 5 estrelas, não se recomenda participar dessa experiência.

 

Tem de levar água para beber?

Para o primeiro dia leve dois litros de água mineral. Nos acampamentos é fornecida água previamente fervida. Mantenha a garrafa o tempo todo consigo para ser enchida antes de sair dos acampamentos. Outra opção é beber a água dos riachos que escorrem ao lado da trilha, depois do primeiro acampamento já é possível beber dessa água desde que devidamente filtrada ou tratada com pastilhas esterilizantes.
As pastilhas, são de fácil acesso, e podem ser encontrada em praticamente, qualquer farmácia. Com essas pastilhas, qualquer água pode ser tratada em 30 minutos. O único ponto mal, é que deixa a água com um sabor característico.
Há também pessoas do campo que vendem garrafas de agua em certos trechos da trilha, porém são muito caras devido ao fato de que caminham diariamente para trazê-las a esses pontos da trilha.

 

Tem banheiro e chuveiro na trilha inca?

Em todas as áreas de acampamento existem sanitários e chuveiros. Mas são precários e recomendados somente para atender necessidades básicas. Os sanitários são buracos no chão e é complicado tomar banho, pois além de fazer muito frio os poucos chuveiros que há são de água fria.

 

Existem outras trilhas em Cusco além da trilha inca?

Peru é dono das trilhas mais lindas e famosas da América Latina tendo a Trilha Inca como a 1ª mais linda, seguida da Salkantay como 2ª, que não conta com um caminho, propriamente dita. Ainda há a trilha de Lares e Inca Jungle.

Posso percorrer a Trilha Inca de tênis?

Por se tratar de uma trilha em um espaço natural, pavimentada pelo homem, Está exposta a condições climáticas diversas. Assim é essencial um equipamento mais apropriado para esse tipo de experiência, uma vez que partes do trajeto são mais exigentes com o aventureiros, para evitar, escorregar, cair e qualquer tipo de lesão e torção que possa estragar sua viagem.

 

 Qual a diferença entre a Trilha Inca e a Trilha do Salkantay?

1. Trilha Inca

Essa é a trilha, que foi construída para que os Incas tivessem acesso a cidadela Inca de Machu Picchu e perdura até hoje, tanto como trilha para os aventureiros como algo para ser admirado. Durante o trajeto, pode-se admirar interessantes restos arqueológicos, e a vista é incrível. Durante três noites, se dorme em acampamentos, além disso o ingresso a cidadela de Machu Picchu para realizar o tour é através da Porta do Sol. Isso permite chegar a Machu Picchu pela entrada mais bonita e icônica, justificando sua popularidade. A comida e os equipamentos são transportados por carregadores.

2. Salkantay

A trilha Salkantay conta com maior contato com a natureza, uma vez que não é possível avistar nenhum resto arqueológica. Seu diferencial, além das paisagens de tirar o folego, é que a jornada leva os aventureiros a subir uma parte do nevado do mesmo nome e uma visita a lagoa que fica no pé da montanha. Por se tratar de um nevado, com sorte se pode apreciar neve ou dias de neve. E mesmo sendo um trajeto de mais duração, exige menos dos aventureiros. Durante três noites, se dorme em acampamentos e na quarta, em Aguas Calientes. A subida para a cidadela sagrada, para realizar o tour, se realiza pelo caminho que liga a cidade à Machu Picchu. A comida e os equipamentos são transportadas com cavalos.

Confira nossos pacotes para Machu Picchu 2017

DirceturProm PeruPeruMinisterio de Cultura