Telefone viagens machupicchu+55 (21) 4042-6227

Whatsapp viagens machupicchu+51 993024550

Montanha das 07 cores

  • Ausangate - Montanha 7 colores

Ausangate - Montanha das Sete Cores

Ausangate ou Awsanqati em quéchua, é conhecida por ser uma das montanhas mais altas da regiçao de Cusco, ocupando o 5º lugar, com sua altitude que chega aos 6.372 metros. É considerada a montanha mais importante da cosmovisão andina e conta com lagoas grandes de uma cor verde-azul luminoso. Está situada a uns 100 quilômetros aproximadamente ao sudeste da cidade de Cusco no distrito de Pitumarca, província de Canchis. É considerada a guardiã da região de Cusco.

Lendas e tradições
Na mitologia inca desta montanha e dos lagos nos arredores, nasce a energia masculina que fertiliza a mãe terra Pachamama. Depois de um longo percurso, as águas se perdem nas terras do Amazonas, para retornar e encher os lagos e os glaciais todas as noites, se convertendo no rio de estrelas chamado de Willkamayu, conhecido no ocidente como a Via Láctea. Há uma pequena história também sobre as montanhas, sobre dois irmãos: Salkantay e Ausangate, que viviam em Cusco.

Conta a história que houve uma seca terrível e os irmãos, tiveram que se aventurar em terras desconhecidas na tentativa de salvar seu povoado. Salkantay, acabou indo-se ao norte, encontrando assim a selva e, junto dela, o amor proibido de Verónica acompanhado de muitos problemas. Ausangate se dirigiu ao sul, encontrando o altiplano e, junto, uma grande produção. Desde esse novo lugar, podia mandar batatas, carne de camelídeos (alpacas e lhamas no caso) e quantidades generosas de milho, salvando assim, seu povoado de Cusco. Infelizmente não há registros físicos dessas excelentes histórias além de ambas montanhas localizadas na região de Cusco. Assim que apenas podemos imaginar e deixar-nos levar por essas lendas.

Anualmente do lado norte do Ausangate é celebrada a festa de Qoyllur Rit'i, que em quéchua significa "neve de estrela". Essa festa acontece antes do Corpus Christi. Durante essa festa, milhares de pessoas com origem quéchua peregrinam para o Senhor de Quyllur Rit'i, no templo de Sinakara (pintura realizada sobre uma rocha). Esta campanha anual dos peregrinos foi incluída na Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade.

 

Rota Turística

A caminhada pela montanha é considerada turismo de aventura. Todo seu percurso permite aos aventureiros desfrutar de paisagens incríveis e conhecer um pouco mais da fauna e flora nativa, na companhia de aves e animais belíssimos. O caminho apresenta formações rochosas a uma altura de mais de 5 mil metros cobertas por línguas de gelo. O trajeto mais conhecido pelos turistas conta com cinco dias e quatro noites, recomendado para os que estão em boas condições físicas. O destino desse trajeto é essa belíssima montanha, decorada pelos minerais acumulados em sua superfície como óxidos de ferro, sulfatos de cobre e outros, que são os responsáveis por criar esse visual inacreditável.

Nesta caminhada de cinco dias também são acompanhantes alguns pastores da comunidade de Chillca. São os donos das lhamas e cavalos que viajam com os turistas como forma de ajudar com as mochilas e equipamentos (por um preço) e como maneira de ajuda própria. Ao final, será possível desfrutar da magia do cenário montanhoso e dessa nova experiência que é o turismo geológico. Para aqueles que querem evitar a caminhada, também há opção de contratar um veículo particular o um tour privado. Aqui receberá a proteção e sabedoria daquele que já foi sagrado em tempos antigos, para a cultura local.

Se lhe agrada a ideia de conhecer esta nova atração, temos novos pacotes de viagem, para que você possa conhecer essa linda montanha. Comunique-se conosco.

DirceturProm PeruPeruMinisterio de Cultura